Salve Cruz vitoriosa

Ó Cruz, tu foste a última moradia do Cristo terreno.
Eras instrumento de derrota, mas te tornaste o trono da vitória.
Representavas a morte, e te tornaste o símbolo da ressurreição.
Representavas o instrumento da tortura, e te tornaste o símbolo da acolhida.
Representavas o medo, e te tornaste o símbolo da coragem.
Abraçaste o Cristo, para que ele nos abraçasse.
Compartilhaste com ele a derrota, para depois dividir com ele a vitória.
Salve, ó Cruz bendita!


Compartilhar no FacebookCompartilhar no Twitter