18/02/2018

1º DA QUARESMA

(roxo – 1ª semana do saltério)

Nós, que vivemos sob o sinal da aliança eterna que Deus estabeleceu com toda a criação, queremos acolher esta Quaresma como verdadeiro tempo de conversão e preparação para celebrar a vitória de Cristo sobre o pecado e a morte. Iluminado pelo Espírito, Jesus faz sua opção de vida, vencendo as propostas tentadoras, e nos aponta o caminho para levarmos adiante o reino de amor e de justiça que ele nos trouxe.

Primeira Leitura: Gênesis 9,8-15

Leitura do livro do Gênesis – 8 Disse Deus a Noé e a seus filhos: 9 “Eis que vou estabelecer minha aliança convosco e com vossa descendência, 10 com todos os seres vivos que estão convosco: aves, animais domésticos e selvagens, enfim, com todos os animais da terra, que saíram convosco da arca. 11 Estabeleço convosco a minha aliança: nunca mais nenhuma criatura será exterminada pelas águas do dilúvio e não haverá mais dilúvio para devastar a terra”. 12 E Deus disse: “Este é o sinal da aliança que coloco entre mim e vós, e todos os seres vivos que estão convosco, por todas as gerações futuras: 13 ponho meu arco nas nuvens como sinal de aliança entre mim e a terra. 14 Quando eu reunir as nuvens sobre a terra, aparecerá meu arco nas nuvens. 15 Então eu me lembrarei de minha aliança convosco e com todas as espécies de seres vivos. E não tornará mais a haver dilúvio que faça perecer nas suas águas toda criatura”. – Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial: 24(25)

Verdade e amor são os caminhos do Senhor.

  1. Mostrai-me, ó Senhor, vossos caminhos / e fazei-me conhecer a vossa estrada! / Vossa verdade me oriente e me conduza, / porque sois o Deus da minha salvação. – R.
  2. Recordai, Senhor meu Deus, vossa ternura / e a vossa compaixão, que são eternas! / De mim lembrai-vos, porque sois misericórdia / e sois bondade sem limites, ó Senhor! – R.
  3. O Senhor é piedade e retidão / e reconduz ao bom caminho os pecadores. / Ele dirige os humildes na justiça, / e aos pobres ele ensina o seu caminho. – R.
Segunda Leitura: 1 Pedro 3,18-22

Leitura da primeira carta de são Pedro – Caríssimos, 18 Cristo morreu, uma vez por todas, por causa dos pecados, o justo pelos injustos, a fim de nos conduzir a Deus. Sofreu a morte na sua existência humana, mas recebeu nova vida pelo Espírito. 19 No Espírito, ele foi também pregar aos espíritos na prisão, 20 a saber, aos que foram desobedientes antigamente, quando Deus usava de longanimidade, nos dias em que Noé construía a arca. Nesta arca, umas poucas pessoas – oito – foram salvas por meio da água. 21 À arca corresponde o batismo, que hoje é a vossa salvação. Pois o batismo não serve para limpar o corpo da imundície, mas é um pedido a Deus para obter uma boa consciência, em virtude da ressurreição de Jesus Cristo. 22 Ele subiu ao céu e está à direita de Deus, submetendo-se a ele anjos, dominações e potestades. – Palavra do Senhor.

Evangelho: Marcos 1,12-15

Proclamação do evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos – Naquele tempo, 12 o Espírito levou Jesus para o deserto. 13 E ele ficou no deserto durante quarenta dias e aí foi tentado por satanás. Vivia entre os animais selvagens, e os anjos o serviam. 14 Depois que João Batista foi preso, Jesus foi para a Galileia, pregando o evangelho de Deus e dizendo: 15 “O tempo já se completou e o reino de Deus está próximo. Convertei-vos e crede no evangelho!” – Palavra da salvação.